A Coredem

Uma Comunidade de Recursos para uma Democracia Mundial (COREDEM) trabalhe na criação de bases de experiências e de sites-fonte ligados entre si, no desenvolvimento e na mutuação de ferramentas e métodos de inteligência coletiva, com o objetivo de fortalecer as capacidades de organização, de reflexão e de oferecimento de propostas das sociedades.

Porque uma sociedade sustentável e uma democracia mundial ainda estão por ser construídas; porque a água, os recursos naturais, os direitos fundamentais, a agricultura, a promoção de uma cultura de paz ou os questionamentos feitos pela ciência constituem desafios comuns a todos, porque o sistema econômico mundial deve ser repensado, novas ferramentas de informação e trocas devem surgir.

Lançado maio 2009, elas se reúnem em torno de constatações comuns:

> Informação é um bem comum que, na tradição do software, é refletida nos conceitos de partilha de poder e conhecimento 

> A informação é um bem estratégico que se multiplica ao ser divida.

> As técnicas atuais de informação e comunicação multiplicam o acesso aos conhecimentos.

> O compartilhamento do saber, a troca de experiências oriundas da ação, a seleção de informações pertinentes visando uma transformação social, tudo isso faz parte das condições da democracia.

Constitui desafio da Confederação dos Recursos para uma Democracia Mundial, que desenvolveu ferramentas de compartilhamento da informação: um site de busca (Scrutari) e uma ferramenta Lexicommon de elaboração comum de noções-chave.

A Confederação de Recursos para uma Democracia Mundial está aberta a novos membros e tem por objetivo confrontar as experiências e elaborar propostas comuns, mas adaptadas às especificidades de cada um, visando fortalecer a capacidade de organização, reflexão e transformação das sociedades.

Articles publiés dans cette rubrique

  • Carta de princípios

    A democracia mundial pressupõe uma capacidade coletiva para abordar a complexidade dos problemas planetários. Para tanto, é preciso criar abordagens inovadoras, métodos de troca, de valorização, de análise e de vulgarização da informação capazes de fortalecer as iniciativas cidadãs.

    No momento em que a Internet tornou-se um reservatório de conhecimentos e um suporte de troca incontornável, foram desenvolvidos sites-fonte de documentação com visões, temáticas, objetivos e públicos específicos. Eles (...)